sábado, 15 de março de 2014

TABU - Gênero e Sexualidade Coréia do Sul.

Annyeong chingus, tudo bem com vcs? Hj como vcs podem ver vou falar sobre Gênero e Sexualidade. Estava lendo isso em uma pág de k-pop e achei super interessante, pq oq todos sabem é q na Coreia esse assunto ñ é algo mto bem comentando ou digamos assim, um assunto mto bem visto. Então vamos lá?! (Esse gif da Bommie me lembrou tubarão LoooL na hora me veio a cbç akela música: TAN TAN TAN TAN TAN...)

--- x ... x ---

Imagem da K-Flop como podem ver LoL

Certamente uma quantidade considerável de k-idols é homossexual, definitivamente outra porção que juramos serem gays, não o são. Outros, talvez, não se sentem confortáveis com seu corpo e gostariam de mudá-los para que ele se adeque ao gênero com o qual se identifique.


A homossexualidade é um tabu muito forte na Coréia, por isso dificilmente veremos um de nossos ídolos assumindo publicamente sua orientação sexual.

Apresento a vocês a pessoa homossexual e a transgênero mais famosos da Coréia, Hong Seok-cheon e Harisu, respectivamente.

Hong Seok-cheon 홍석천 - Ele já era ator masculino quando, em 2000, gerou considerável controvérsia no país, ao assumir ser homossexual. Após isso foi DEMITIDO de todos os seus trabalhos na TV, Desde então ele abriu vários bares e restaurantes, todos abertos e amigáveis ao público LGBT. 
Infelizmente o sucesso que alcançou promovendo a conscientização da comunidade LGBT coreana nem sempre é eficaz, visto que várias celebridades coreanas cometeram suicídio após revelar sua orientação sexual para o público, pois eles foram demitidos de seus empregos, perseguidos e intimidados pelos internautas até o ponto em que eles sentiram que o suicídio era a única opção. 

Harisu - é uma cantora pop, modelo e atriz transsexual sul-coreana. Sua história de vida é bem singular, pois apesar de ter nascido do sexo masculino, desde de sua infância sempre se afirmou como sendo do gênero feminino, tendo se tornado a primeira artista transsexual de destaque na sociedade sul-coreana. Em 2002, tornou-se a segunda pessoa a ter a sua mudança de gênero reconhecida legalmente naquele pais. Seu nome artístico é uma adaptação da frase inglesa "hot issue".



Em 19 de maio de 2007, se casou com Micky Jung, rapper, quem ela namorava há 2 anos.
Foi dado à ela o crédito pela sensibilização social dos transgêneros na Coréia do Sul e tem dito em entrevistas que ela espera ser um modelo para outros transexuais. Em abril de 2007 , ela veio em auxílio de um chinês mulher trans não pode pagar a cirurgia, dando-lhe o apoio financeiro necessário para completar a transição.
Afetados pelo suicídio do ator gay Kim Ji-hoo e da personalidade televisiva transexual Jang Chae -won, Harisu abriu clube transgênero " Mix- Trans" no Apgujeong -dong, sul de Seul, em junho de 2009.

CR: K-Flop

--- X ... X ---

Bom, foi uma postagem curta mas interessante, pelo menos pra mim rs Espero q tenham gostado, deem a sua opinião, divulguem a matéria o blog e é isso.

Annyeong ~ChulliChu

Ai, se eu fosse esse Ice Cream...



Nenhum comentário:

Postar um comentário